Notícias

Arte, natureza e matemática
Por: 10 de Janeiro de 2019 em: Notícias

Ana Paula Corrêa

Existem pesquisas que comprovam o quanto a natureza é importante para o desenvolvimento físico, intelectual e emocional das crianças.

A natureza proporciona um brincar criativo. A criança se desenvolve mais porque os elementos naturais inspiram a alma imaginativa.

sementes 2Foi assim que a meninada da Primeiros Passos explorou a natureza no parque da Serra do Curral. Na medida em que investigavam o grande gramado do parque, observavam os gravetos, sementes, vagens, pedrinhas. Colhiam penas de urubu e jacu. Na mão, mal cabiam tantos elementos.

Nesse momento, transformaram tudo em brinquedos. Os galhos maiores viraram foguetes e vassouras, as pedrinhas e gravetos, flores.

Assim foram criando significados para cada elemento que encontravam.

Ao fim da tarde entregaram para a professora uma sacola cheia de vagens, sementes e gravetos. Uma criança disse: - Vamos fazer uma coleção na nossa sala?

E na semana seguinte, quando as crianças chegaram à sala do CDI (Centro de Desenvolvimento Intelectual), encontraram as mesinhas cheias com todos os elementos colhidos por elas.

Primeiro exploraram o material livremente.

Cheiraram, apalparam, quebraram. Tentaram encaixar as sementes dentro das vagens. Depois dessa primeira investigação, começaram a criar figuras e pequenas esculturas nas mesas. Confiram que belezura!

sementes 1No dia seguinte, assim que chegaram receberam uma surpresa: a impressão das fotos dos trabalhos que realizaram anteriormente com as sementes estava colada nas mesas para desenharem.

E para finalizar essa dinâmica, foi proposta pela professora uma brincadeira de faz de conta com as sementes. Cada criança selecionou quinze sementes. Com esse material, criaram muitos probleminhas matemáticos.

Cada criança possui um jeito único de pensar e organizar seus elementos. Em seguida ganharam papel e lápis para registrarem o jeito que cada um pensou para a solução dos problemas.

A matemática está presente em todos os domínios científicos, mostrando e demonstrando a sua unidade no funcionamento da natureza.